Co-Packing
Co-Packing

O co-packing ou mais conhecido como contract-packing pode ser traduzido para o português como contrato de embalagem ou terceirização de embalagem.

Diversas empresas possuem produtos que são vendidos de maneira unitária para seus clientes, porém existem diversas estratégias de marketing e de vendas que fazem com que fábricas e logísticas tenham que se mobilizar inteiramente para atender a demandas de alguma promoção que foi desenvolvida.

Pensando nisso, a Fleischer criou a linha de co-packing, que resumidamente é, receber os produtos, retrabalhar eles, distribuir para os clientes finais. Por exemplo. Uma empresa que vende suco de 200ml costuma vender apenas caixas fechada de um único sabor para os supermercados, com a nossa solução, é possível criar uma embalagem personalizada que pode juntar 4 sabores diferentes e fazer com que o cliente final recebe packs misto ao invés de apenas um único sabor.

O co-packing pode ser utilizado por diversos nichos de mercado, desde produtos gráficos que precisam ser montados, passando por alimentos, bebidas, cosméticos, roupas, livros, entre outros.

Terceirizar esse processo de reembalagem pode trazer inúmeros benéficos, entre eles:

  • redução de mão de obra;
  • redução de espaço físico;
  • não necessidade de investimento em maquinário;
  • oportunidade para testar campanhas diferentes;
  • melhora na precificação do produto, uma vez que o valor é fixo no momento do contrato;

A Fleischer conta hoje com mais de 1500m² de área para receber, armazenar e manusear seus produtos. Além da montagem dos itens, podemos fazer a expedição deles. Temos carro próprio ou podemos achar a melhor transportadora para fazer a entrega.

O processo inteiro do co-packing pode ser descrito dessa forma:

  • Recebimento dos produtos direto da fábrica;
  • Conferência dos produtos;
  • Montagem/embalagens dos produtos de acordo com projeto;
  • Palletização;
  • Armazenagém;
  • Expedição;

Sendo assim, o produto sai direto da fábrica e vai para o cliente final, sem intermédio da logística, reduzindo mais ainda o custo da operação.